14/03/2020

Derivadores e protótipos de Toninhas foram lançados ao mar

                                        

Ontem, 13/03/20, derivadores e protótipos de Toninhas foram lançados ao mar, para ajudar na avaliação da dinâmica oceanográfica que influencia a movimentação dos animais que são encontrados encalhados nas praias de Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

Esses protótipos são réplicas de golfinhos feitos de fibra com um transmissor. A sugestão é que se alguém encontra-los flutuando na água, é para deixa-los derivando naturalmente. Se houver a intenção de reportar esse registro ou se encontrar na areia da praia, é possível ligar para os números inseridos neles.

Esse monitoramento soma com o trabalho de contagem aérea das Toninhas nessa região, através de sobrevoos.

Trabalhos como esses são essenciais e de grande importância para a conservação do menor e mais ameaçado golfinho existente no Brasil. A Toninha está na categoria “Criticamente Ameaçada”do livro vermelho de espécies ameaçadas do Brasil.

A realização do Projeto de Conservação da Toninha é uma medida compensatória estabelecida pelo Termo de Ajustamento de Conduta de responsabilidade da empresa Chevron, conduzido pelo Ministério Público Federal- MPF/RJ, com a implementação do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – FUNBIO Funbio

Imagens: LECUFPR & GEMARS

#VIVAToninha
#FUNBIO
#FUNBIO24
#VIVAMamíferosAquáticos
#VIVABaleiasGolfinhosecia
#VIVAInstitutoVerdeAzul
#VIVACiência

Ir para o topo